Power Point

20170801

Lidando com o “gráfico espaçoso”

Quando você cria um gráfico e precisa “deletar” dados da planilha de origem, o resultado é este:

20170808_antes

Antes

Depois

Repare que os dados “apagados” continuam ocupando espaço no gráfico.
Isso pode acontecer tanto com linhas quanto colunas.
Para resolver este problema, exclua* as linhas ou colunas desejadas.

O resultado será:

20170808_ideal

Após excluir as colunas

É isso aí!  Até o próximo post! ;)

*O comando para excluir fica na aba Página Inicial > Seção células > Excluir…




Objeto vinculado vs. incorporado

20162601

Comuns no Office, os objetos se diferenciam em dois tipos.  Você sabe a diferença?

Primeiro, é bom saber o conceito de objeto:  neste contexto, objeto é o conteúdo de um arquivo de qualquer tipo (ex.: música, texto, imagem, planilha).

Objeto vinculado

Quando um objeto é vinculado ao arquivo em que você está editando, significa que, apesar de aparecer dentro do seu arquivo, o objeto está armazenado em um arquivo separado.  O arquivo que você está editando só contém um vínculo para o objeto.  Assim, se você fizer alterações no arquivo de origem do objeto, estas alterações também serão feitas no arquivo de destino.

Ex.: uma música vinculada a um slide numa apresentação.  Se você editar a música, ela será automaticamente atualizada no slide.

Trabalhe com objetos vinculados quando:

– For usar o mesmo computador para criar e mostrar o trabalho que contém o objeto;
– O arquivo do objeto for grande;
– Você precisar alterar o arquivo do objeto depois que ele for inserido.

Objeto incorporado

Quando um objeto é incorporado ao arquivo de destino, significa que ele se tornou parte desse arquivo, em forma de cópia. Assim, se você alterar o arquivo original do objeto, a alteração não será aplicada ao arquivo de destino.

Ex.: um slide incorporado a um documento de texto.  Se você editar o slide,  ele não será automaticamente atualizado no texto.

Trabalhe com objetos incorporados quando:

– For utilizar computadores diferentes para criar e mostrar o trabalho que contém o objeto;
– Quando o arquivo do objeto for pequeno (até 100 Kb.);
– Você não precisar alterar o arquivo do objeto depois que ele for inserido.

 

 




Qual a versão do seu…

20151109

Certamente você já ouviu esta frase, certo? Todo mundo quer saber a versão do Windows, Word, Excel, navegador… saiba como verificar.

Para saber a versão do Windows, clique com o botão direito em Meu Computador (ou simplesmente Computador) e escolha Propriedades.

Já para versões de programas como Word e Excel, clique no menu Ajuda e escolha a opção Sobre + (nome do programa). Ex.: “Sobre o Microsoft Word”. Se não encontrar o menu Ajuda, é porque seu programa é mais recente.  Neste caso, vá em Arquivo – Conta.

De forma geral, a opção que traz a versão nos programas se chama “Sobre”.  Busque esta opção nos menus do programa que desejar e você encontrará sua versão.




Usando o slide mestre

20150811

Quer fazer apresentações no Power Point rapidinho?  Use o slide mestre.

O slide mestre serve pra dar aquela ajudinha na formatação. Nele você pode definir a fonte, cores, posições, número de páginas, datas e muito mais.  Quando você mudar algo no slide mestre, todos os slides nele baseados serão afetados, o que diminui bastante o tempo na criação de apresentações.

Para ver o slide mestre, clique em Exibição > Slide mestre

Faça o teste: altere o que desejar e confira o resultado.